Você esta pronto pra lutar? (split com Time and Distance)

by Days Of Sunday

/
1.
2.
3.

credits

released January 11, 2016

Gravado e mixado por Diego Bayarea Estudio.
Masterizado por Danilo Pozzanni Acústica estúdio

tags

license

all rights reserved

feeds

feeds for this album, this artist

about

Days Of Sunday São Paulo, Brazil

Hard-Core Melódico Marginalizado da Z/O de São Paulo
Clipe Recomeço
youtu.be/pD4LOKV1cAw

contact / help

Contact Days Of Sunday

Streaming and
Download help

Track Name: Herança de Sangue(part. Rafael Bessa)
Vozes sufocadas 21 anos na escuridão
Algo amaldiçoado foi criado nesse tempo obscuro pra tenta nos calar. E sufocar. Ainda mais
O verde camuflado passa a chibata para o cinza chumbo
nasce na ditadura a policia militar
Guiados pela ignorância traidores da lei quem formou vocês.
30 anos depois eles estão fortes e vivos massacrando e perseguindo com a segurança nas mãos de limitares a violência é algo inevitável

sempre quando o povo insurge contra vocês
surge o aparelho repressivo do estado burguês
opera barbárie longe dos olhos da elite
periferia segue sangrando, e sem limite
o ódio médio-classista que aplaude a matança
ideologia assassina movida pela vingança
treinados pra odiar sua própria população
a perversão já começa desde sua formação
deformação moral, são os mensageiros do mal
pele preta sofre brutalidade policial
corporação racista, criança vê e treme
aqui a sigla da Ku Klux Kan é PM
Track Name: Virando o jogo(mas só até onde vale a pena)
Em algum momento as verdades vão aparecer, e toda forma de opressão que para você seja (talvez) sutil, vai dar as caras devastando tudo, e com certeza o jogo vai virar. E aquele que foi sempre oprimido, vai estar em outra posição agora! Vire o jogo, mas não se torne o opressor, vire o jogo, mas não se torne o opressor. A vida não funciona como um sistema carcerário, onde as pessoas são execradas e excluídas. Nada deve ser esquecido, mas não me impeça... de tentar.
Track Name: A subida do morro poderia voltar a ser diferente
Quantas vezes mais terei que subir esse morro e as notícias serão sempre negativas? Às vezes me sinto um fraco por ter saído daqui, e não me restam dúvidas de que algo seria diferente, ou seria eu o inocente c om o cano em minha s mãos? Vivemos no lugar onde a opção mais fácil é a criminalidade. Mais uma mãe vai chorar, mais um dos nossos é que esta lá.